Destaque Olímpico

O hipismo é considerado uma das modalidades mais charmosas dos jogos olímpicos. A interação do homem e do cavalo no esporte remonta os jogos olímpicos da Grécia, quando as corridas equestres já eram consideradas uma das modalidades mais populares. Porém, foi apenas em 1883, nos Estados Unidos, que o esporte viu suas regras serem bem definidas. Anteriormente, sua prática era mais comum entre militares. Confira a seguir as modalidades olímpicas do hipismo definidas de acordo com a Federação Equestre Internacional:

curso de equitação completo

Concurso Completo de Equitação – é uma combinação de modalidades de adestramento, saltos e provas de fundo. Essa última se configura em uma etapa que pode ser subdividida em percursos e caminhos, corrida de obstáculos e cross-country com obstáculos naturais. É uma modalidade completa e suas competições duram em média três dias seguidos. A pontuação é feita pelo conjunto de atletas que mostra mais habilidades e obtém menos pontos negativos.

salto no hipismo

Salto – é a modalidade mais popular do hipismo. A prova consiste na realização de um percusso d
e 700 a 900 metros onde estão instalados cerca de 15 a 20 obstáculos. A sua altura pode variar entre 0,40 a 1,65 metros, dependendo da categoria do cavaleiro. Com duração média de um minuto e meio, torna-se vencedor da prova o competidor que completar mais rapidamente o circuito, com o menor número de faltas. São consideradas faltas o desvio do obstáculo, sua derrubada, recuar antes do salto, ultrapassar o tempo determinado, enganar-se durante o percurso e cair do cavalo. O cavaleiro chileno Alberto Larraguibel Morales ostenta o recorde de salto no hipismo ao atingir a altura de 2,47 metros, em Viña Del Mar, em 1949.

Roger.Sargento

Dressage ou Adestramento – nessa prova cavaleiro e cavalo devem realizar uma série de movimentos específicos, conhecidos como figuras, que levam diferentes graus de dificuldade. Nas duas primeiras etapas são exigidos trotes, galopes e piruetas. Na terceira etapa é realizada uma coreografia livre acompanhada de música. O objetivo principal dessa modalidade é a realização de movimentos com a máxima perfeição, tendo como critérios a disciplina, elegância, prontidão e sintonia.