INFÂNCIA PERDIDA

Leo Romano é o único expositor da CASA COR Goiás 2015 que já participou de todas as edições da mostra. O nome – conhecido até por quem não tem know how algum no ramo – já extrapolou há muito as fronteiras de Goiás e atualmente além de ter presença e assinatura reconhecida no mundo inteiro, integra duas edições da mostra de arquitetura e design mais relevante do país. Os endereços não poderiam ser mais criteriosos: Goiânia e São Paulo. A primeira, reconhecida pelo trabalho nacionalmente premiado realizado pela dupla Sheila Podestá e Eliane Martins. A segunda por representar a cidade mais cosmopolita e multicultural do Brasil.

 IMG_9629 - baixa

Em Goiás, seu ambiente é artístico e conceitual, convidando o visitante para um retorno à infância, já distante. “Fizemos um projeto de uma sala de estar, cuja inspiração é o universo infantil. No espaço de 80m², a poesia está construída considerando o melhor do design internacional e nacional, assim como elementos poéticos como imagens de fotógrafos artistas e elementos cênicos capazes de nos convidar a uma experiência sensorial que desperta o nosso desejo de volta ao passado. É um convite para uma infância que não nos pertence mais”, esclarece Leo Romano sobre sua inspiração expressa na instalação da antiga mansão Rassi.

Peças de colecionadores como um ferrorama antigo que atravessa superiormente o mobiliário em formato de casinha, as 20 bonecas assinadas por Iêda Jardim dispostas em posição invertida sob o teto ou o cavalo em tamanho real projetado na técnica slice design, feito para ser funcional como um brinquedo de verdade são tentadores chamados de volta à infância.

06. Sala Leo 5 - CrEdito Jomar BraganCa

Crédito: Jomar Bragança

Em contraste com o amadeirado predominante em toda lateral direta do ambiente, ao fundo do piano no lado oposto, o revestimento preto Intrigue, com design Feuillage, da Orlean, fornecido pela Bela Arte mantém o mistério no ar e contém a meia luz, finalizando com uma área restrita em penumbra e sombra; e conforto sonoro. O exclusivo recurso tridimensional do papel de parede proporcionado pela composição com espuma, torna o revestimento exótico e o toque macio e agradável.