LUXO DESPRETENSIOSO

Uma bilheteria funcional que agregasse a rusticidade de uma obra e a sofisticação singular do evento de arquitetura e design mais fashion do país. Este foi o desafio de Aletéia Tolentino e Stella Maris Xavier Guerrino em seu ambiente de recepção na Casa Cor Goiás 2015. Uma day window em concreto armado, combinada ao aço corten no porcelanato do piso simulando efeito enferrujado e uma peça de ACM recortada à laser com geometrismos criados por Aletéia especialmente para a Mostra forrando parede e parte do teto foram os elementos responsáveis por comunicar a proposta.

ALETÉIA E STELAbaixa

Tanto iluminação indireta quanto a cortina Parametre da Hunter Douglas utilizada pela dupla conferiram um ar intimista ao ambiente, que ostenta uma meia luz confortável para o olhar dos visitantes. Esta última, por ser uma peça híbrida – de efeito meio cortina, meio divisória – também cria expectativa para quem está de fora da casa e tem contato visual apenas parcial com o interior.

01. Bilheteria 1 - Crédito Jomar Bragança - baixa

O papel de parede Orlean deu acabamento estilo industrial, simulando uma cobertura em concreto que se espalhou por paredes e teto. “Nossa intenção era simular uma caixa de concreto para trazer o lado rústico de uma obra para o design mas dentro de um conceito sofisticado, que tentamos traduzir por meio da preponderância dos metalizados”, conta Aletéia sobre a Bilheteria.