CONHEÇA AS REFERÊNCIAS DO DIRETOR DE PRODUTO E ESTILO DA SANTA MÔNICA

Quando conhecemos um produto de qualidade, não conseguimos ter total clareza quanto ao processo de sua fabricação. É preciso entender que para chegar à produção final, são necessárias uma série de fases, cada uma com sua importância no todo. Às vezes, um modo diferente de se fazer o comum já é o suficiente para colocar a empresa num pedestal diferente das outras. E é assim com a Santa Mônica Tapetes e Carpetes, uma das grandes marcas comercializadas pela Bela Arte. Para entender um pouco mais do universo dos produtos da empresa, batemos um papo com o Diretor de Produto e Estilo da marca, Antonio Carlos Toze.

Paulista residente na própria São Paulo, Toze é formado em Marketing e Música (piano) e um de seus maiores prazeres é viajar o mundo em busca de cultura. Sua maior paixão é a música erudita, revelando fascínio pela obras de compositores como Bach, Beethoven, Brahms e Wagner.

O profissional atua há 14 anos no mercado de tapetes sob encomenda, levando suas referências para a criação (nos desenhos e cores) e expansão de novos mercados, e também ao relacionamento que mantêm com arquitetos e decoradores de todo o país. Além disso, é palestrante e ainda atua como Professor de Cultura Geral para diplomatas.

Para Antonio Carlos Toze, o âmbito do mercado de tapetes sob encomenda não enxerga limites de desenhos nem cores, sendo um verdadeiro mundo à parte. Atualmente, os grafismos têm tido uma procura grande, enquanto há pouco tempo a demanda pelos orgânicos dominava a cena. Num panorama geral, há aqueles que não saem de moda, como os listrados e os florais.

Quando esbarrada na questão de que os carpetes são vistos como pisos provisórios no Brasil, Toze é categórico quando afirma que o aconchego, o bem-estar e a sofisticação deles são inigualáveis a qualquer outro revestimento para o chão, jamais os rebaixando a pisos temporários.

No Brasil, país de clima tropical e com algumas regiões – como Goiânia e arredores – extremamente quentes e secas, a cultura do tapete e carpete encontra empecilho no quesito climático. Mas, Antonio Carlos garante: os tapetes e carpetes de nylon, como as peças fabricadas pela Santa Mônica, são atérmicos (ou seja, não aquecem) e proporcionam conforto e aconchego. Para ele, uma ambientação sem tapete é incompleta.

Quanto às cores mais comercializadas, Toze garante que não existe uma que seja mais vendida ou escolhida. “Tudo depende bastante do projeto de cada ambiente. Atualmente, no entanto, as cores metalizadas têm tido uma excelente aplicação e saída”, aponta o profissional. Para a manutenção dos carpetes, ele diz que é mito que quanto mais curto o pêlo, mais fácil sua limpeza. “Um bom aspirador de pó resolve o problema de qualquer tapete ou carpete”, finaliza.

E adiciona: “As espessuras mais altas de pêlos são mais utilizadas em ambientes mais íntimos, como home theater ou quarto de crianças. As menores são indicadas para áreas com maior intesidade de tráfego, exemplo da sala de visitas ou jantar”.

Deixamos aqui o convite para você conhecer os produtos Santa Mônica na Bela Arte. Temos diversas cores, tamanhos e espessuras de pêlos disponíveis para você sentir e perceber a diferença. Afinal, a marca é referência em design, qualidade e inovação. Faça uma visita e descubra o mundo propiciado pelos produtos da empresa.

 

234